JORGE LUIZ MORETTI DE SOUZA
Prof. do Depto. de Solos e Engenharia Agrícola / SCA / UFPR
Fone: (41) 3350-5689   -  e-mail: jmoretti@ufpr.br

Home

Pessoal

Pesquisa

Extensão

Publicações

Programas

Orientações Tel./e-mail. Links
Ensino  Eletrificação Rural  |  Hidráulica e Hidrologia    |   Análise de Dados Ambientais  |  Relação A-S-P-A      
  Identificação da disciplina
 

                                

                                    

 

 

    

 

 

 

  Ementa
  Objetivos
  Programa da disciplina
  Avaliações *
  Média geral e final
  Abono de faltas
  Bibliografia
  Notas e freqüência *
  Material de apoio  *
  Links
 
 
 
 

  

Identificação da disciplina

Nome da disciplina: Eletrificação Rural
Código: AL 024 

Professor responsável: Jorge Luiz Moretti de Souza
Departamento: Solos e Engenharia Agrícola 
Setor: Ciências Agrárias
Curso: Agronomia 
Regime: Semestral Normal             Natureza: obrigatória
Carga horária: 60 h (2 h teórica  e  2 h prática por semana)
Número de créditos: 3
Pré-requisito: Construções Rurais 

- Escalas; Normas e convenções (formatos, margens e dobragem de papel; representação gráfica dos objetos; cotas; legendas); desenho arquitetônico (planta baixa e complementares, cortes, elevações e detalhes).

- Conceitos e noções de eletrologia e eletrotécnica; circuitos elétricos; leis de Ohm ; potência elétrica; noções de resistência dos materiais.

- Noções sobre materiais de construção e desenvolvimento de projetos arquitetônicos agrícolas.


Ementa da disciplina

            A energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; Conceitos básicos de energia e eletricidade voltados às instalações elétricas; Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; Instalações para iluminação e aparelhos domésticos; Condutores elétricos – dimensionamento e instalação; Comando, controle e proteção dos circuitos elétricos em baixa tensão; Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; Instalações para motores elétricos;  Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: (a) tarifas horo-sazonais; (b) Fator de potência; Desenvolvimento de um projeto de instalação elétrica rural e realização de práticas.


Objetivos da disciplina

                Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de desenvolver as atividades de eletrificação rural e uso da energia com idoneidade e disposição de melhoramento permanente, mediante suficientes informações teóricas e capacitação prática; e exercer em toda plenitude, as atribuições que a legislação permite.

            No decorrer das Unidades os alunos estarão capacitados à:  

(a) Identificar e relacionar questões ligadas ao desenvolvimento sustentável (conceituação, indicadores, conexão entre energia-meio ambiente e energia-desenvolvimento) e cenário energético mundial (suprimento, demanda, projeções, soluções energéticas);

(b) Identificar e, ou, resolver (corrigir, dimensionar) problemas básicos de eletricidade e uso da energia voltados às instalações elétricas em baixa tensão;

(c) Identificar e estabelecer as principais formas de geração de energia elétrica (convencional e alternativa), bem como as características que envolvam a transmissão e distribuição (primária e secundária) da energia elétrica até chegar ao consumidor final;

(d) Identificar e levantar as principais cargas de instalações elétricas em baixa tensão (tomadas e iluminação) e organizá-las em circuitos e quadros de distribuição de cargas;

(e) Identificar e, ou, estabelecer os principais esquemas elétricos para iluminação e aparelhos utilizados em instalações elétricas em baixa tensão;

(f) Identificar e resolver problemas de desenho elétrico em edificações rurais;

(g) Identificar, caracterizar e dimensionar os condutores dos circuitos (terminações, distribuição e alimentação) de instalações elétricas em baixa tensão;

(h) Identificar, caracterizar e dimensionar os dispositivos utilizados para comandar, controlar e proteger os circuitos de instalações elétricas em baixa tensão;

(i) Identificar e caracterizar os principais aspectos relacionados aos motores elétricos mais utilizados no meio rural, e dimensionar os condutores e dispositivos utilizados para comandar, controlar e proteger os circuitos de instalações elétricas em baixa tensão, em que se encontram estes equipamentos;

(j)  Identificar e escolher os melhores materiais e equipamentos para realizar as instalações;

(k) Planejar e projetar instalações elétricas em baixa tensão para as mais diversas situações que possam surgir no meio rural;

(l) Diferenciar, calcular e especificar as melhores condições de aplicação das tarifas horo-sazonais para uma determinada propriedade ou atividade rural específica;

(m) Conceituar, identificar e, ou, resolver problemas básicos voltados à melhoria do fator de potência de uma instalação elétrica em baixa tensão com capacitores.


Programa da disciplina (unidades didáticas)

            O programa da disciplina compõe-se das seguintes unidades: 

- Unidade 1: Energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; 

- Unidade 2: Conceitos básicos de eletricidade voltados às instalações elétricas; 

- Unidade 3: Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; 

- Unidade 4: Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; 

- Unidade 5: Instalações para iluminação e aparelhos domésticos; 

- Unidade 6: Condutores elétricos em baixa tensão – dimensionamento e instalação; 

- Unidade 7: Comando, controle e proteção dos circuitos em baixa tensão; 

- Unidade 8: Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; 

- Unidade 9: Instalações para motores elétricos; 

- Unidade 10: Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: (a) tarifas horo-sazonais; (b) Fator de potência; 

- Unidade complementar (opcional): Projeto de instalação elétrica rural e realização de práticas.


Avaliações realizadas na disciplina

            A avaliação na disciplina Eletrificação Rural constará na realização de duas provas, sendo: 

            – Primeira prova: 24/09/2014 (Valor = 10,0)

            – Segunda prova: 19/11/2014 (Valor = 10,0)

            Para os alunos com 4,0 Média Geral < 7,0 haverá uma Prova Final escrita:


Média geral e final na disciplina

Média geral = (Nota da prova 1 + Nota da prova 2) / 2

Média Geral – Média geral obtida no semestre (MG 7: Aprovado; 4,0 MG < 7,0: Final; MG < 4,0: reprovado)


Verificação do aproveitamento e abono de faltas

            Para a verificação do aproveitamento e abono de faltas dos alunos, será seguido a Resolução vigente do CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA (CEPE), que poderá ser obtida facilmente na Coordenação do Curso de Agronomia.

            Observações importantes: 

- O aluno que obtiver média inferior e próxima a 7,0 e não tiver alcançado a freqüência mínima de setenta e cinco por cento (75%) das atividades didáticas na disciplina, estará de final sem qualquer possibilidade de contestação. Mesmo que tenha obtido média geral igual a 6,95. 

- É assegurado o direito à segunda chamada ao aluno que não tenha comparecido à avaliação do rendimento escolar, exceto na segunda avaliação final, nos casos e condições constantes na resolução vigente. O aluno ou seu representante deverá requerer ao departamento a segunda chamada no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data da realização da avaliação do rendimento escolar, apresentando documentação comprobatória correspondente. 

- Para quem perde a prova, a avaliação substitutiva será sem consulta.


Bibliografia recomendada

ANEEL - Agência Nacial de Energia Elétrica.  Legislação básica do setor elétrico brasileiro: dispositivos constitucionais, leis, decretos, portarias. v.1.  Brasília: ANEEL, 2002.

ANEEL - Agência Nacial de Energia Elétrica.  Legislação básica do setor elétrico brasileiro: resoluções. v.2. Brasília: ANEEL, 2002.

ANZENHOFER, K.; HEIM, T.; SCHULTHEISS, A.; WEBER, W. Eletrotécnica para escolas profissionais. 3o ed.  São Paulo: Editora Mestre Jou, 1980.127p.


BRASIL. Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica.  Portaria no 466 de 12 de novembro de 1997.  Condições gerais de fornecimento de energia elétrica,  s.l.: CEMIG, 1997.  40p.

CAVALIN, G.; CERVELIN, S.  Instalações Elétricas prediais.  São Paulo: Érica, 1998. 433p.

U.S. NAVY, BUREAU OF NAVAL PERSONNEL, TRAINING PUBLICATIONS DIVISION  Curso Completo de eletricidade básica. São Paulo: Hemus-Livraria Editora, 1998. 653p.

COMITÊ DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA – CODI. Tarifas horo-sazonais: manual de orientação ao consumidor. 2.ed.  Rio de Janeiro: CODI, 1994. 28p.

COTTRIM, A.A.M.B.  Instalações elétricas.   2o ed. São Paulo: McGrawhill do Brasil, 1982. 421 p.

CREDER, H.   Instalações elétricas.  Rio de Janeiro: Livros Técnicos Editora. 1991. 489 p.

DEMATTÊ, J.B.I.  Eletrificação rural: uma experiência de ensino.  Jaboticabal: FUNEP, 1992. 175p.

FARRET, F.A.  Aproveitamento de pequenas fontes de energia elétrica.  Santa Maria: UFSM, 1999. 245p.

FRIZZONE, J.A.; ANDRADE JÚNIOR, A.S. de; SOUZA, J.L. M.de; ZOCOLER, J.L.  Planejamento da Irrigação: análise de decisão de investimento.  Brasília: EMBRAPA, 2005.

GOLDEMBERG, J.  Energia, meio ambiente & desenvolvimento.  São Paulo: USP, 2001. 234p.

MÜLLER, A.C.  Hidrelétricas, meio ambiente e desenvolvimento.  São Paulo: Makron Books, 1995.  412p

NBR 5410 – ORIGEM: NB3 Instalações elétricas de baixa tensão. São Paulo: COBEI / mm Editora Ltda.

NISKIER, J.; MACINTYRE, A.J.  Instalações elétricas. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora.  1996. 530p.

PIEDADE JÚNIOR, C.  Eletrificação rural - 2o ed.  São Paulo: Nobel, 1983. 278p.

REIS, L.B.DOS; SILVEIRA, S.  Energia elétrica para o desenvolvimento sustentável.  São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2000. 282p.

SCKREIBER, G.P.  Usinas hidrelétricas.  São Paulo: Edgard Blucher.  1977.  235p.

SOUZA, J.L.M. de  Manual da disciplina programação de dados ambientais.  Curitiba: UFPR/SCA/DSEA. 2004.

SOUZA, J.L.M. DE  Manual de construções rurais.  Curitiba. DETR, 1997. 161p.

SOUZA, J.L.M. DE  Manual de eletrificação rural.  Curitiba: DETR, 1997. 109p.

SOUZA, J.L.M. de  Modelo de análise de risco econômico aplicado ao planejamento de projetos de irrigação para cultura do cafeeiro.  Piracicaba, 2001. 253p. Tese (Doutorado) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.

SOUZA, J.L.M. de; FRIZZONE, J.A.  Modelo aplicado ao planejamento da cafeicultura irrigada: I. Simulação do balanço hídrico e do custo com água.  Acta Scientiarum, v.25, n.1, 2003. p.103-112.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA. Um século de eletricidade do Paraná. Curitiba: UFPR/DH/COPEL, 1994. 180p.

OUTROS:

- Programas e modelos voltados ao desenvolvimento de esquemas, cálculos das instalações ou análise de cenários;

- Artigos científicos da área para leitura;

- Boletins em geral da área;

- Catálogos de fabricantes da área.


Nota nas avaliações e freqüência obtida na disciplina

Simbologia do índice da tabela
Fq  – Freqüência na disciplina (%)
P1 – Nota da primeira prova da disciplina (valor: entre 0 e 10,0);
P2
 – Nota da segunda prova da disciplina (valor: entre 0 e 5);
MG Média geral obtida nas provas (valor: entre 0 e 5);
MF Média final obtida nas provas (valor: entre 0 e 10);

Aluno P1 P2     MG PF MF Fq Resul.
CHRISTIANNO ALBERTO SILVA BARROS 1,91       1,0   1,0 38 Reprovado
DAGNA CRISTINA LIUNGNAU 7,23 7,30     7,3   7,3 90 Aprovado
FERNANDA WARPECHOWSKI 4,71 5,65     5,2   5,2 80 Aprovado
FERNANDO PEREIRA NETO 1,43       0,7   0,7 67 Reprovado
GABRIEL LUCAS DE JESUS 5,66 4,95     5,3   5,3 90 Aprovado
GABRIELA PARPINELLI RICCI               0 Reprovado
GEORGIA BASCHEROTTO KLEINA 7,45 7,65     7,6   7,6 100 Aprovado
GUILHERME JURASZEK BATISTA 5,91 7,45     6,7   6,7 100 Aprovado
HELOISA FARIAS CAVALLI 7,40 7,00     7,2   7,2 100 Aprovado
JAIR FERNANDO KOGERATSKI               40 Reprovado
JULIANA NICOLAU MAIA 6,15 8,40     7,3   7,3 93 Aprovado
KIM MEDEIROS 0,55 4,50     2,5   2,5 73 Reprovado
LUISA PURIM NIEHUES 1,74 6,60     4,2 2,4 3,3 85 Reprovado
MARINA KUCHNIR JACOMETTI 7,50 6,75     7,1   7,1 93 Aprovado
OLCIMAR DA ROSA 3,25 3,65     3,5   3,5 93 Reprovado
Aluno P1 P2     MG PF MF Fq Resul.
ANDERSON MARTINES MAOSKI 6,77 3,50     5,1   5,1 93 Aprovado
BRUNO CEZAR BASTOS RUANO 3,27 2,85     3,1   3,1 90 Reprovado
CARLOS HENRIQUE TEODORO SHINMI 5,35 6,75     6,1   6,1 80 Aprovado
DANIELE ZANOTIM DA SILVA 3,53 3,50     3,5   3,5 83 Reprovado
EDUARDO EITI TSURUKAWA 5,83 6,80     6,3   6,3 80 Aprovado
EIDRIAN DIONES DOS SANTOS 3,52 7,65     5,6   5,6 78 Aprovado
ELIZIANE CARVALHO GUEDES 5,74 5,15     5,4   5,4 100 Aprovado
EMERSON LAURINDO BEDNARZ 3,55       1,8   1,8 80 Reprovado
FABIANO DE ANDRADE CARNELOS NETO               0 Reprovado
FERNANDA CHEMIM SILVA 5,30 6,20     5,8   5,8 93 Aprovado
GABRIEL DE ANDRADE MARTINEZ 7,40 9,35     8,4   8,4 97 Aprovado
GUILHERME BORTOLOSO PIGATTO 2,95 8,60     5,8   5,8 87 Aprovado
GUSTAVO HENRIQUE PADILHA 6,20 7,30     6,8   6,8 83 Aprovado
HENRIQUE PETRY FEILER 7,81 5,50     6,7   6,7 90 Aprovado
ISLAINE AMANDA OLIVEIRA DA SILVA 1,55       0,8   0,8 53 Reprovado
JERONIMO STRAPASSON 4,16 3,05     3,6   3,6 80 Reprovado
JESSICA DOMINGUES SCHAFHAUSER 4,00 7,50     5,8   5,8 83 Aprovado
JOSE HELIO PENTER GAUDEDA MACHULEK 3,26 4,85     4,1 3,7 3,9 80 Reprovado
JOSE MIOLA               30 Reprovado
KARLA KUDLAWIEC 5,49 7,35     6,4   6,4 87 Aprovado
LAIS DE ALMEIDA DUARTE 4,73 4,50     4,6 5,3 5,0 80 Aprovado
LETICIA XAVIER DE OLIVEIRA 1,85       0,9   0,9 33 Reprovado
LORENA DA SILVA SOLER 7,58 5,10     6,3   6,3 100 Aprovado
LUIS HENRIQUE SHINIKE KAMEI               33 Reprovado
LUIZA LOUBACK BOTELHO 6,58 6,80     6,7   6,7 87 Aprovado
MARCYUS FILLIPPI CHISTE 5,06 3,95     4,5 1,7 3,1 67 Reprovado
MARIELE BASTOS KAPP 3,58 5,75     4,7 6,2 5,4 87 Aprovado
MATEUS ERTAL 7,73 5,60     6,7   6,7 93 Aprovado
MATHEUS BORTOLON SESTITO 5,16 5,85     5,5   5,5 80 Aprovado
NICOLAS ANTONIO ZILLI 6,00 5,65     5,8   5,8 77 Aprovado
RAQUEL HATSUE IDA 3,65 7,85     5,8   5,8 87 Aprovado
RICARDO SCHEFFER DE ANDRADE SILVA 6,18 6,85     6,5   6,5 90 Aprovado
TIAGO LUIS JURCA 2,86 2,95     2,9   2,9 83 Reprovado


Material de apoio para exercícios e trabalhos

1  Arquivos PDF das apresentações das Unidades da disciplina Eletrificação Rural, em sala de aula:
- Apresentação da disciplina;           para o manual
- Unidade 1: A energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; 
                   I - Balanço energético nacional; 
- Unidade 2: Conceitos básicos de energia e eletricidade voltados às instalações elétricas; 
 
- Unidade 3: Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;   
- Unidade 4: Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; 
- Unidade 5: Instalações para iluminação e aparelhos domésticos;   
- Unidade 6: Condutores elétricos em baixa tensão – dimensionamento e instalação;   
- Unidade 7: Comando, controle e proteção dos circuitos em baixa tensão;   
- Unidade 8: Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; (Obs.: projeto realizado ao longo do semestre)
- Unidade 9: Instalações para motores elétricos; 
 
- Unidade 10: Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural -
                    I -
Tarifas horo-sazonais;   
                   
II - Compensação de energia reativa com capacitores. 
 

2  Material de apoio (livros, atlas, normas, boletins, trabalhos científicos, entre outros) mencionados em aula e deixados a disposição para os alunos da disciplina Eletrificação Rural:
- Balanço energético nacional 2013: ano base 2012 ;
- Síntese do Relatório final do Balanço energético nacional 2013.
- UNCED - Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (1992), Agenda 21 (global)
-
Atlas de Bionergia do Brasil
-
Atlas de Energia Elétrica do Brasil
-
Bionergia: Manual sobre Tecnologias, Projetos e Instalação
-
Bioetanol de Cana-de-açúcar: Energia para o Desenvolvimento Sustentável
-
Normas Técnicas Copel - NTC 903100 - Fornecimento em Baixa Tensão Primária de Distribuição
-
Sustainable Bionergy: A Framework for Decision Makers
-
Manual de proteção de cercas e currais contra raios
-
Manual de construção de cercas elétricas
-
Dimensionamento de motores para bombeamento de água (trabalho científico)  
 

3 O programa  que se encontra disponível para download é um arquivo do aplicativo Excel, logo não precisará ser instalado, apenas aberto como se faz normalmente com os arquivos de aplicativos do Windows. O programa realiza o cálculo da resistência em função do material e temperatura.

O arquivo  que  se  encontra  disponível  para  download  contem  um  programa  denominado  "Clocodile Clips 3". Este programa permite fazer uma série de circuitos elétricos elementares que podem ser extrapolados e auxiliar bastante no entendimento e aprendizagem das instalações elétricas prediais em baixa tensão. A pasta disposta para download contem uma série de arquivos que não precisão ser instalados. Basta apenas clicar sobre o ícone denominado "CROCCLIP" e começar a utilizar o programa no Windows.  

5  Trabalhos científicos: energias e balanço de energia
        - “Fontes energéticas e protocolo de Kyoto: a posição do Brasil.” 
        - "Energias renováveis: ações e perspectivas na Petrobrás."
        - “Cenários para um setor elétrico eficiente, seguro e competitivo.”
        - “Biomassa e energia.” 
        - “Contexto energético e ambiental de unidades de bioenergia.”
        - “Aumentando a eficiência nos usos finais de energia no Brasil.”
        - “O planejamento energético como ferramenta de auxílio às tomadas de decisão ... .”
        - "Planejamento energético rural assistido por computador.”
        - “Balanços energéticos agropecuários: uma importante ferramenta como indicativo ... .”
        - “Balanço e análise da sustentabilidade energética na produção orgânica de hortaliças.”
 

Material (opcional) necessário para o desenvolvimento do projeto elétrico

Link para fazer download do programa Visio 2007 (fornecido gentilmente pelo colega Luiz Ricardo Sobenko)   Download Visio

Link para fazer download do programa AutoCAD e outros softwares gratuitamente (fornecido gentilmente pela colega Barbara Elen Perazzoli)  Site para Download  (Obs.: É necessário fazer um cadastro em duas etapas para conseguir selecionar a versão que se quer baixar (2010 a 2014)).

3  Material de apoio para o desenvolvimento de um projeto de eletrificação rural


Universidade Federal do Paraná /  Setor de Ciências Agrárias / Depto de Solos e Eng. Agrícola
Rua dos funcionários, 1540 - Bairro Juvevê CEP. 80.035-050, Curitiba - Paraná - Brasil
Telefone/Fax: (041) 3350 5689 - e-mail: jmoretti@ufpr.br