JORGE LUIZ MORETTI DE SOUZA
Prof. do Depto. de Solos e Engenharia Agrícola / SCA / UFPR
Fone: (41) 3350-5689   -  e-mail: jmoretti@ufpr.br

Home

Pessoal

Pesquisa

Extensão

Publicações

Programas

Orientações Tel./e-mail. Links
Ensino  Eletrificação Rural  |  Hidráulica e Hidrologia    |   Análise de Dados Ambientais  |  Relação A-S-P-A      
  Identificação da disciplina
 

                                

                                    

 

 

    

 

 

 

  Ementa
  Objetivos
  Programa da disciplina
  Avaliações *
  Média geral e final
  Abono de faltas
  Bibliografia
  Notas e freqüência *
  Material de apoio  *
  Links
 
 
 
 

  

Identificação da disciplina

Nome da disciplina: Eletrificação Rural
Código: AL 024 

Professor responsável: Jorge Luiz Moretti de Souza
Departamento: Solos e Engenharia Agrícola 
Setor: Ciências Agrárias
Curso: Agronomia 
Regime: Semestral Normal             Natureza: obrigatória
Carga horária: 60 h (2 h teórica  e  2 h prática por semana)
Número de créditos: 3
Pré-requisito: Construções Rurais 

- Escalas; Normas e convenções (formatos, margens e dobragem de papel; representação gráfica dos objetos; cotas; legendas); desenho arquitetônico (planta baixa e complementares, cortes, elevações e detalhes).

- Conceitos e noções de eletrologia e eletrotécnica; circuitos elétricos; leis de Ohm ; potência elétrica; noções de resistência dos materiais.

- Noções sobre materiais de construção e desenvolvimento de projetos arquitetônicos agrícolas.


Ementa da disciplina

            A energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; Conceitos básicos de energia e eletricidade voltados às instalações elétricas; Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; Instalações para iluminação e aparelhos domésticos; Condutores elétricos – dimensionamento e instalação; Comando, controle e proteção dos circuitos elétricos em baixa tensão; Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; Instalações para motores elétricos;  Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: (a) tarifas horo-sazonais; (b) Fator de potência; Desenvolvimento de um projeto de instalação elétrica rural e realização de práticas.


Objetivos da disciplina

                Ao término da disciplina, o aluno deverá ser capaz de desenvolver as atividades de eletrificação rural e uso da energia com idoneidade e disposição de melhoramento permanente, mediante suficientes informações teóricas e capacitação prática; e exercer em toda plenitude, as atribuições que a legislação permite.

            No decorrer das Unidades os alunos estarão capacitados à:  

(a) Identificar e relacionar questões ligadas ao desenvolvimento sustentável (conceituação, indicadores, conexão entre energia-meio ambiente e energia-desenvolvimento) e cenário energético mundial (suprimento, demanda, projeções, soluções energéticas);

(b) Identificar e, ou, resolver (corrigir, dimensionar) problemas básicos de eletricidade e uso da energia voltados às instalações elétricas em baixa tensão;

(c) Identificar e estabelecer as principais formas de geração de energia elétrica (convencional e alternativa), bem como as características que envolvam a transmissão e distribuição (primária e secundária) da energia elétrica até chegar ao consumidor final;

(d) Identificar e levantar as principais cargas de instalações elétricas em baixa tensão (tomadas e iluminação) e organizá-las em circuitos e quadros de distribuição de cargas;

(e) Identificar e, ou, estabelecer os principais esquemas elétricos para iluminação e aparelhos utilizados em instalações elétricas em baixa tensão;

(f) Identificar e resolver problemas de desenho elétrico em edificações rurais;

(g) Identificar, caracterizar e dimensionar os condutores dos circuitos (terminações, distribuição e alimentação) de instalações elétricas em baixa tensão;

(h) Identificar, caracterizar e dimensionar os dispositivos utilizados para comandar, controlar e proteger os circuitos de instalações elétricas em baixa tensão;

(i) Identificar e caracterizar os principais aspectos relacionados aos motores elétricos mais utilizados no meio rural, e dimensionar os condutores e dispositivos utilizados para comandar, controlar e proteger os circuitos de instalações elétricas em baixa tensão, em que se encontram estes equipamentos;

(j)  Identificar e escolher os melhores materiais e equipamentos para realizar as instalações;

(k) Planejar e projetar instalações elétricas em baixa tensão para as mais diversas situações que possam surgir no meio rural;

(l) Diferenciar, calcular e especificar as melhores condições de aplicação das tarifas horo-sazonais para uma determinada propriedade ou atividade rural específica;

(m) Conceituar, identificar e, ou, resolver problemas básicos voltados à melhoria do fator de potência de uma instalação elétrica em baixa tensão com capacitores.


Programa da disciplina (unidades didáticas)

            O programa da disciplina compõe-se das seguintes unidades: 

- Unidade 1: Energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; 

- Unidade 2: Conceitos básicos de eletricidade voltados às instalações elétricas; 

- Unidade 3: Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; 

- Unidade 4: Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; 

- Unidade 5: Instalações para iluminação e aparelhos domésticos; 

- Unidade 6: Condutores elétricos em baixa tensão – dimensionamento e instalação; 

- Unidade 7: Comando, controle e proteção dos circuitos em baixa tensão; 

- Unidade 8: Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; 

- Unidade 9: Instalações para motores elétricos; 

- Unidade 10: Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural: (a) tarifas horo-sazonais; (b) Fator de potência; 

- Unidade complementar (opcional): Projeto de instalação elétrica rural e realização de práticas.


Avaliações realizadas na disciplina

            A avaliação na disciplina Eletrificação Rural constará na realização de duas provas, sendo: 

            – Primeira prova: 24/09/2014 (Valor = 10,0)

            – Segunda prova: 19/11/2014 (Valor = 10,0)

            Para os alunos com 4,0 Média Geral < 7,0 haverá uma Prova Final escrita, podendo realizar consulta em livros, manuais e notas de aula:


Média geral e final na disciplina

Média geral = (Nota da prova 1 + Nota da prova 2) / 2

Média Geral – Média geral obtida no semestre (MG 7: Aprovado; 4,0 MG < 7,0: Final; MG < 4,0: reprovado)


Verificação do aproveitamento e abono de faltas

            Para a verificação do aproveitamento e abono de faltas dos alunos, será seguido a Resolução vigente do CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA (CEPE), que poderá ser obtida facilmente na Coordenação do Curso de Agronomia.

            Observações importantes: 

- O aluno que obtiver média inferior e próxima a 7,0 e não tiver alcançado a freqüência mínima de setenta e cinco por cento (75%) das atividades didáticas na disciplina, estará de final sem qualquer possibilidade de contestação. Mesmo que tenha obtido média geral igual a 6,95. 

- É assegurado o direito à segunda chamada ao aluno que não tenha comparecido à avaliação do rendimento escolar, exceto na segunda avaliação final, nos casos e condições constantes na resolução vigente. O aluno ou seu representante deverá requerer ao departamento a segunda chamada no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data da realização da avaliação do rendimento escolar, apresentando documentação comprobatória correspondente. 

- Para quem perde a prova, a avaliação substitutiva será sem consulta.


Bibliografia recomendada

ANEEL - Agência Nacial de Energia Elétrica.  Legislação básica do setor elétrico brasileiro: dispositivos constitucionais, leis, decretos, portarias. v.1.  Brasília: ANEEL, 2002.

ANEEL - Agência Nacial de Energia Elétrica.  Legislação básica do setor elétrico brasileiro: resoluções. v.2. Brasília: ANEEL, 2002.

ANZENHOFER, K.; HEIM, T.; SCHULTHEISS, A.; WEBER, W. Eletrotécnica para escolas profissionais. 3o ed.  São Paulo: Editora Mestre Jou, 1980.127p.


BRASIL. Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica.  Portaria no 466 de 12 de novembro de 1997.  Condições gerais de fornecimento de energia elétrica,  s.l.: CEMIG, 1997.  40p.

CAVALIN, G.; CERVELIN, S.  Instalações Elétricas prediais.  São Paulo: Érica, 1998. 433p.

U.S. NAVY, BUREAU OF NAVAL PERSONNEL, TRAINING PUBLICATIONS DIVISION  Curso Completo de eletricidade básica. São Paulo: Hemus-Livraria Editora, 1998. 653p.

COMITÊ DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA – CODI. Tarifas horo-sazonais: manual de orientação ao consumidor. 2.ed.  Rio de Janeiro: CODI, 1994. 28p.

COTTRIM, A.A.M.B.  Instalações elétricas.   2o ed. São Paulo: McGrawhill do Brasil, 1982. 421 p.

CREDER, H.   Instalações elétricas.  Rio de Janeiro: Livros Técnicos Editora. 1991. 489 p.

DEMATTÊ, J.B.I.  Eletrificação rural: uma experiência de ensino.  Jaboticabal: FUNEP, 1992. 175p.

FARRET, F.A.  Aproveitamento de pequenas fontes de energia elétrica.  Santa Maria: UFSM, 1999. 245p.

FRIZZONE, J.A.; ANDRADE JÚNIOR, A.S. de; SOUZA, J.L. M.de; ZOCOLER, J.L.  Planejamento da Irrigação: análise de decisão de investimento.  Brasília: EMBRAPA, 2005.

GOLDEMBERG, J.  Energia, meio ambiente & desenvolvimento.  São Paulo: USP, 2001. 234p.

MÜLLER, A.C.  Hidrelétricas, meio ambiente e desenvolvimento.  São Paulo: Makron Books, 1995.  412p

NBR 5410 – ORIGEM: NB3 Instalações elétricas de baixa tensão. São Paulo: COBEI / mm Editora Ltda.

NISKIER, J.; MACINTYRE, A.J.  Instalações elétricas. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora.  1996. 530p.

PIEDADE JÚNIOR, C.  Eletrificação rural - 2o ed.  São Paulo: Nobel, 1983. 278p.

REIS, L.B.DOS; SILVEIRA, S.  Energia elétrica para o desenvolvimento sustentável.  São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2000. 282p.

SCKREIBER, G.P.  Usinas hidrelétricas.  São Paulo: Edgard Blucher.  1977.  235p.

SOUZA, J.L.M. de  Manual da disciplina programação de dados ambientais.  Curitiba: UFPR/SCA/DSEA. 2004.

SOUZA, J.L.M. DE  Manual de construções rurais.  Curitiba. DETR, 1997. 161p.

SOUZA, J.L.M. DE  Manual de eletrificação rural.  Curitiba: DETR, 1997. 109p.

SOUZA, J.L.M. de  Modelo de análise de risco econômico aplicado ao planejamento de projetos de irrigação para cultura do cafeeiro.  Piracicaba, 2001. 253p. Tese (Doutorado) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.

SOUZA, J.L.M. de; FRIZZONE, J.A.  Modelo aplicado ao planejamento da cafeicultura irrigada: I. Simulação do balanço hídrico e do custo com água.  Acta Scientiarum, v.25, n.1, 2003. p.103-112.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA. Um século de eletricidade do Paraná. Curitiba: UFPR/DH/COPEL, 1994. 180p.

OUTROS:

- Programas e modelos voltados ao desenvolvimento de esquemas, cálculos das instalações ou análise de cenários;

- Artigos científicos da área para leitura;

- Boletins em geral da área;

- Catálogos de fabricantes da área.


Nota nas avaliações e freqüência obtida na disciplina

Simbologia do índice da tabela
Freq  – Freqüência na disciplina (%)
P1 – Nota da primeira prova da disciplina (valor: entre 0 e 10,0);
P2
 – Nota da segunda prova da disciplina (valor: entre 0 e 5);
MG Média geral obtida nas provas (valor: entre 0 e 5);
MF Média final obtida nas provas (valor: entre 0 e 10);

Aluno                  
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   

 

Aluno                  
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   
                   

 


Material de apoio para exercícios e trabalhos

1  Arquivos PDF das apresentações das Unidades da disciplina Eletrificação Rural, em sala de aula:
- Apresentação da disciplina;           para o manual
- Unidade 1: A energia elétrica no âmbito do desenvolvimento sustentável; 
                   I - Balanço energético nacional; 
- Unidade 2: Conceitos básicos de energia e eletricidade voltados às instalações elétricas; 
 
- Unidade 3: Fornecimento de energia elétrica: geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;   
- Unidade 4: Previsão de cargas e divisão das instalações elétricas; 
- Unidade 5: Instalações para iluminação e aparelhos domésticos;   
- Unidade 6: Condutores elétricos em baixa tensão – dimensionamento e instalação;   
- Unidade 7: Comando, controle e proteção dos circuitos em baixa tensão;   
- Unidade 8: Leitura, análise e interpretação de projetos elétricos prediais; (Obs.: projeto realizado ao longo do semestre)
- Unidade 9: Instalações para motores elétricos; 
 
- Unidade 10: Planejamento na utilização da energia elétrica no meio rural -
                    I -
Tarifas horo-sazonais;   
                   
II - Compensação de energia reativa com capacitores. 
 

2  Material de apoio (livros, atlas, normas, boletins, trabalhos científicos, entre outros) mencionados em aula e deixados a disposição para os alunos da disciplina Eletrificação Rural:
- Balanço energético nacional 2013: ano base 2012 ;
- Síntese do Relatório final do Balanço energético nacional 2013.
- UNCED - Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (1992), Agenda 21 (global)
-
Atlas de Bionergia do Brasil
-
Atlas de Energia Elétrica do Brasil
-
Bionergia: Manual sobre Tecnologias, Projetos e Instalação
-
Bioetanol de Cana-de-açúcar: Energia para o Desenvolvimento Sustentável
-
Normas Técnicas Copel - NTC 903100 - Fornecimento em Baixa Tensão Primária de Distribuição
-
Sustainable Bionergy: A Framework for Decision Makers
-
Manual de proteção de cercas e currais contra raios
-
Manual de construção de cercas elétricas
-
Dimensionamento de motores para bombeamento de água (trabalho científico)  
 

3 O programa  que se encontra disponível para download é um arquivo do aplicativo Excel, logo não precisará ser instalado, apenas aberto como se faz normalmente com os arquivos de aplicativos do Windows. O programa realiza o cálculo da resistência em função do material e temperatura.

O arquivo  que  se  encontra  disponível  para  download  contem  um  programa  denominado  "Clocodile Clips 3". Este programa permite fazer uma série de circuitos elétricos elementares que podem ser extrapolados e auxiliar bastante no entendimento e aprendizagem das instalações elétricas prediais em baixa tensão. A pasta disposta para download contem uma série de arquivos que não precisão ser instalados. Basta apenas clicar sobre o ícone denominado "CROCCLIP" e começar a utilizar o programa no Windows.  

5  Trabalhos científicos: energias e balanço de energia
        - “Fontes energéticas e protocolo de Kyoto: a posição do Brasil.” 
        - "Energias renováveis: ações e perspectivas na Petrobrás."
        - “Cenários para um setor elétrico eficiente, seguro e competitivo.”
        - “Biomassa e energia.” 
        - “Contexto energético e ambiental de unidades de bioenergia.”
        - “Aumentando a eficiência nos usos finais de energia no Brasil.”
        - “O planejamento energético como ferramenta de auxílio às tomadas de decisão ... .”
        - "Planejamento energético rural assistido por computador.”
        - “Balanços energéticos agropecuários: uma importante ferramenta como indicativo ... .”
        - “Balanço e análise da sustentabilidade energética na produção orgânica de hortaliças.”
 

Material (opcional) necessário para o desenvolvimento do projeto elétrico

Link para fazer download do programa Visio 2007 (fornecido gentilmente pelo colega Luiz Ricardo Sobenko)   Download Visio

Link para fazer download do programa AutoCAD e outros softwares gratuitamente (fornecido gentilmente pela colega Barbara Elen Perazzoli)  Site para Download  (Obs.: É necessário fazer um cadastro em duas etapas para conseguir selecionar a versão que se quer baixar (2010 a 2014)).

3  Material de apoio para o desenvolvimento de um projeto de eletrificação rural


Universidade Federal do Paraná /  Setor de Ciências Agrárias / Depto de Solos e Eng. Agrícola
Rua dos funcionários, 1540 - Bairro Juvevê CEP. 80.035-050, Curitiba - Paraná - Brasil
Telefone/Fax: (041) 3350 5689 - e-mail: jmoretti@ufpr.br